Notícias

Projeto brasileiro de sensibilização contra o lixo no mar inicia suas atividades no Paraná (20/04/21)

Remadores percorrerão de stand up paddle com o auxílio de um veleiro 1000 quilômetros na costa Atlântica entre Paraná e Rio de Janeiro, coletando lixo e sensibilizando comunidades ao longo do caminho. Projeto foi aprovado em edital europeu.

No último domingo (18), o Projeto Remar Limpar Ensinar (RLE), representado pelo Instituto Aprender Ecologia, iniciou sua quarta edição no município de Guaratuba (Rio Saí-Guaçu) rumo ao Estado do Rio de Janeiro.

A iniciativa venceu uma concorrência internacional da European Outdoor Conservation Association (Associação Europeia de Conservação ao Ar Livre) que contou com 188 projetos do mundo e agora está prestes a dar início às suas atividades.

“Neste momento estamos monitorando as condições de vento e ondulação diariamente para avançar o trajeto planejado de 1000 quilômetros que serão percorridos em meio a uma das mais selvagens e belas regiões do Brasil, enfatiza Fabricio Almeida, geógrafo e um dos membros da equipe.

A expedição passará por 19 municípios e mais de 380 praias com a meta de recolher cerca de 100.000 resíduos, equivalente a cinco toneladas.

Devido às restrições impostas pela pandemia do novo coronavírus, as ações diretas e as atividades de sensibilização nas comunidades, nas escolas e nas Unidades de Conservação estarão sujeitas às permissões legais dos municipais por onde passarão. A equipe conta com educadores e especialistas no tema, e realiza com os participantes uma conversa e atividades lúdicas, como gincana utilizando o “lixo” recolhido no caminho.

A grande inovação desta edição do projeto será a reciclagem e transformação do lixo em brinquedos e produtos, como cadeiras e mesas, em parceria com a ONG Ecolocal Brasil. Os brinquedos serão distribuídos em escolas.

Realização:

@remarlimparensinar

@aprenderecologia

@eocaconservation

Patrocínio:

@reciclajunto

@cristalcopo

@soulfinsoficial

@powerlightsurfboards

@brisasurf

@drgrao

@novabossaentretenimento

@photonsolar_

@bidi.cristais

@uninteringleses

@santacruzimoveis

@vibetime.com.br

@ellusfloripaoficial

Apoio:

@movimentocomalma

@altamontanha

@naturehikeoficial

@paestum.oceanguardians

@bioart

@saravasustentavel

Carousel imageCarousel imageCarousel image

Caso tenha interesse em acompanhar a travessia acesse as mídias sociais do projeto:

https://www.facebook.com/projetoremando

https://www.youtube.com/channel/UCbTcnxxWZGGAgyZzr8HjPcw/videos

https://www.instagram.com/remarlimparensinar/

https://www.facebook.com/aprenderecologia

Sobre o Projeto Remar Limpar Ensinar

Quando nos deparamos com os seguintes números: a) No ano de 2050 terá mais lixo que peixe nos oceanos; b) 25 milhões de toneladas de lixo são descartadas no oceano todo ano, sendo 8 milhões plásticos; c) 100 mil animais marinhos morrem por ano devido ao lixo resolvemos criar o PRLE que nasceu em agosto de 2016, com o intuito de servir como exemplo em suas ações de limpeza e educação ambiental.

Na 1° edição o PRLE remou e limpou as praias da cidade de Laguna-SC até a cidade de Penha-SC retirando das areias 13.586 objetos e atingindo em suas ações de educação ambiental mais de 300 crianças nas escolas das cidades por onde passamos.

Na 2°edição demos a volta na ilha de Santa Catarina e fomos remando até a divisa do estado do RS, na cidade de Torres-RS retirando das areias 11.256 objetos e atingimos mais de 700 crianças nas ações de educação ambiental nas escolas.

Na 3° edição saímos de Florianópolis e fomos até Itapoá e volta na Ilha do Mel no Paraná, coletando das areias 15.000 objetos e sensibilizando 2.000 crianças nas nossas ações em escolas da região por onde passamos.

Ver mais Recicla apresenta projeto "Remar, Limpar e Ensinar" (06/04/21)

Programa sobre Reservas de Surf avança no Brasil (19/03/21)

Durante os dias 11 e 12 de março representantes das regiões Norte, Nordeste e Sul, participaram do Workshop Regional online para elaboração e consolidação do Programa Brasileiro de Reservas de Surf (PBRS). A primeira etapa de escuta social promovida pelo programa aconteceu na região Sudeste, nas dependências do Museu do Amanhã na cidade do Rio de Janeiro, em junho de 2019, de forma presencial.

Surfistas de diversas modalidades e dos mais variados segmentos sociais e profissionais estiveram virtualmente presentes e conectados. Entre eles, pesquisadores e professores, representantes de ONG´s e coletivos esportivos e ambientais, instrutores de surf, atletas, profissionais liberais, servidores públicos e líderes comunitários, foram alguns dos principais grupos representados no encontro.

Os critérios de seleção dos candidatos para as 80 vagas nos workshops desta última semana consideraram a paridade de gênero, experiência no envolvimento com surf e conservação, representatividade de modalidades de surf, equilíbrio de representantes por região nos estados, representatividade da maior diversidade de setores possíveis interessados.

Matéria completa

A importância de ser reconhecida como Reserva de Surf (09/03/21)

Carousel imageCarousel imageCarousel image

Às vésperas do Workshop Regional sobre Reservas de Surf para a construção do Programa Brasileiro , evento online e gratuito que será realizado entre os dias 11 e 12 de março para os públicos das regiões Sul e Norte/Nordeste, apresentamos aqui, após cinco anos da aprovação, um balanço atualizado dos principais passos, ações e conquistas relativas ao plano de gestão (Stewardship Plan) da Nona Reserva Mundial de Surf (RMS) Guarda do Embaú, a primeira Reserva de Surf do Brasil.

Após três anos de candidatura, a Guarda do Embaú foi aprovada em 27 de Outubro de 2016 pela ONG Save The Waves Coalition (STW) como a nona Reserva Mundial de Surf (RMS), a primeira do país. Composta pelas ondas no meio da praia, no costão esquerdo, Prainha e parte do rio da Madre, que desemboca no mar e que divide os municípios de Palhoça e Paulo Lopes, em Santa Catarina, a Guarda foi eleita baseado em quatro critérios: qualidade das ondas; características únicas ambientais; cultura do surf e tradições locais e apoio da comunidade.

Matéria completa

Webinário Internacional apresenta propostas para proteção dos picos de surf no Brasil (05/02/21)

Promovido pelo Programa Brasileiro de Reservas de Surf (PBRS), coordenado pelos Institutos Aprender Ecologia e ECOSURF, o “I Webinário Internacional sobre Reservas de Surf”, acontece no próximo dia 09 de fevereiro a partir das 14h, e vai reunir especialistas brasileiros e internacionais para promover junto aos surfistas de todas as modalidades e amantes do esporte estratégias de conservação das ondas e oceano.

Com a parceria e as presenças confirmadas dos representantes do programa global Save the Waves Coalition o evento terá a participação do norte-americano Trent Hodges, atual Gerente de Programas de Conservação da entidade, e da mexicana Mara Arroyo, especialista em Ecossistemas de Surf.

Além dos convidados do EUA e México a programação traz um time de pesquisadores e profissionais brasileiros que atuam nas áreas da conservação costeira e marinha, governança e comunicação ambiental.

Matéria completa

Projeto vai percorrer parte do litoral brasileiro para recolher lixo do mar (21/10/20)

Um projeto de conscientização ao meio ambiente vai percorrer uma parte do litoral brasileiro para coletar o lixo jogado no mar e também levar o conhecimento ambiental às escolas do litoral. A iniciativa “Remar Limpar Ensinar” já percorreu o litoral de Santa Catarina e coletou mais de 40 mil objetos. Agora, por meio de um edital internacional, uma nova edição do projeto está entre cinco finalistas de uma concorrência em busca de apoio financeiro para concretizar a ideia.

Matéria completa

Projeto catarinense que atua em questões ambientais é finalista em concorrência internacional (21/10/20)

Remadores pretendem percorrer de stand up paddle mil quilômetros na costa Atlântica entre Paraná e Rio de Janeiro, coletando lixo e sensibilizando comunidades ao longo do caminho.

Um projeto do Instituto Aprender Ecologia, que há 20 anos atua em questões ambientais em Santa Catarina, está entre os cinco finalistas de uma concorrência internacional que teve mais de 180 projetos inscritos.

A iniciativa, chamada de “Remar Limpar Ensinar”, vai iniciar a quarta edição em fevereiro de 2021. Mas, o projeto precisa de votos para ser aprovado em edital europeu.

De acordo com Jean Daniel Lorenzon, idealizador do projeto, a ideia é percorrer mil quilômetros na costa Atlântica entre Paraná e Rio de Janeiro, usando stand up paddle para coletar lixo e sensibilizar comunidades ao longo do caminho.

"O único projeto da América do Sul que está concorrendo ainda. Nós estamos concorrendo com projetos do Reino Unido, da Espanha, da Guatemala, da Indonésia", detalha o geógrafo e voluntário Fabricio Almeida.

Matéria completa

Projeto quer coletar duas toneladas de lixo do mar (20/10/20)

Um projeto brasileiro de sensibilização contra o lixo no mar chega na reta final e deve receber apoio europeu. A iniciativa, chamada de “Remar Limpar Ensinar”, vai iniciar sua quarta edição em fevereiro de 2021. Mas, o Projeto precisa de votos para ser aprovado em edital europeu.

De acordo com Jean Daniel Lorenzon, idealizador do projeto, a ideia é percorrer mil quilômetros na costa Atlântica entre Paraná e Rio de Janeiro, usando stand up paddle para coletar lixo e sensibilizar comunidades ao longo do caminho.

Daniel explica que a grande inovação desta edição do projeto será a reciclagem e transformação do lixo em brinquedos e produtos, como cadeiras e mesas, em parceria com a ONG Ecolocal Brasil. Os brinquedos serão distribuídos em escolas.

A iniciativa está entre as cinco finalistas de uma concorrência internacional da Associação Europeia de Conservação ao Ar Livre (European Outdoor Conservation Association – EOCA) que contou com 188 projetos do mundo todo e agora, até o dia 22 de outubro, entra na fase final de votação online. O projeto mais votado será apoiado pela associação.

Matéria completa

Projeto remar, limpar, ensinar, conscientiza sobre o meio ambiente | Meio Dia Catarina (14/10/2020)

Remar, limpar e ensinar: projeto leva conscientização ambiental para população (10/10/20)